Fale comigo pelo Whatsapp em seu celular ou usando o Whatsapp Web em seu computador !
desenvolvimento humano

Fale comigo trabalharei focada em sua necessidade!

Fale Comigo
ContaTO
Mais Informações

Obrigado! Sua mensagem foi enviada com sucesso!

Oops! Ocorreu um erro. Por favor, tente novamente

Cursos Online!

Conheça meus cursos online! 

Saiba Mais

IMPORTÂNCIA DOS TESTES PSICOLÓGICOS EM OP E COACH DE CARREIRA

Angela Gardinalli
Psicóloga, Master Coach, Especialista em Desenvolvimento Humano, Orientação Profissional e Consultoria de Carreira. Master Trainer em Programação Neurolinguística, Hipnose Eriksoniana, possui cursos de extensão em Terapia Cognitivo Comportamental – CETCC, Neurociências e Especialização em Neuropsicologia pela PUC SP e USP.
TESTES PSICOLÓGICOS - IMPORTANTE ETAPA EM MEUS PROCESSOS DE ORIENTAÇÃO PROFISSIONAL E COACH DE CARREIRA - SABE POR QUÊ?

Para responder a essa pergunta, é necessário voltar um pouquinho no tempo e entender as razões da criação de instrumentos de Avaliação Psicológica.

Desde longínquos tempos a humanidade faz comparações entre si, sejam comparações de pessoas individualmente ou em grupo e, essas comparações são a respeito de diversos aspectos, tais como: altura, cor de cabelo, beleza, sociabilidade, maneira de se vestir, maneira de comer, aptidões, habilidades, competências, etc. A comparação em relação a comportamento e desempenho em atividades é um padrão entre os seres humanos. Essas comparações e avaliações sempre foram feitas pelos seres humanos baseadas na observação, na experiência, o que poderia levar a equívocos.

As testagens possuem suas origens na Antiguidade, nos exames para ingresso no serviço civil no império chinês, cujo objetivo era selecionar indivíduos para ocuparem posições governamentais; também foram utilizadas entre os antigos gregos nos processos seletivos educacionais e nas universidades europeias, na idade média.Entretanto, foi a partir do século XIX que ocorreram os mais importantes avanços na área da testagem.

Esses avanços ocorreram, principalmente nas áreas de engenharia, ciências exatas, ciências humanas e biológicas, com a finalidade de acompanhar o desenvolvimento social e tecnológico. Com isso, passamos da observação empírica para a criação de instrumentos de avaliação, cuja finalidade era oferecer uma medida objetiva e padronizada dos comportamentos.

Em 1905, temos a publicação do primeiro instrumento para avaliação da capacidade cognitiva, o Teste de Binet-Simon, inventado pelos psicólogos Alfred Binet –pupilo de Jean Charcot – e Théodore Simon. O Teste de Binet-Simon foi o primeiro de inúmeros testes. Visava medir a inteligência de crianças, sendo desenvolvido com a finalidade de identificar se haviam atrasos no desenvolvimento cognitivo de crianças que não conseguiam acompanhar a escola regular. Com a criação desse instrumento, ou melhor, desse teste, houve um grande salto quantitativo e qualitativo em termos de avaliação do potencial intelectual de crianças na faixa dos 3 a 11 anos, passando-se de um patamar de uma avaliação subjetiva, feita por observação e comparação de desempenho, para uma mensuração objetiva, feita por um instrumento científico com tratamento estatístico.

Foi, também nesse período, que surgiu o conceito de QI – Quociente de Inteligência, conceito este popularizado nos anos seguintes com a publicação de outras escalas de medidas de Inteligência.  Outro acontecimento marcante no âmbito da avaliação por meio de testes psicológicos, foi a criação dos testes Army Alfa e Army Beta, nos EUA, na época da Primeira Grande guerra Mundial, para avaliar inteligência de recrutas do exército Americano.

Com o aperfeiçoamento dos testes, novos métodos e técnicas surgiram, que possibilitaram que a Psicologia se desvinculasse da Filosofia, desenvolvendo-se como ciência autônoma, criando e aprimorando seus instrumentos e técnicas de mensuração que obedecem a bases científicas sólidas e se fundamentam em rigorosas leis das ciências em geral, permitindo uma comparação válida entre os seres humanos e entre grupos nos quais estejam inseridos.

Existem inúmeros testes Psicológicos destinados a diversas finalidades e destinados a avaliar diversos aspectos envolvidos no comportamento e no desempenho humano, tais como: atenção, aptidões específicas, competências, controle inibitório, funções executivas,  habilidades, humor, inteligência, interesses,  memória, personalidade, etc.Cabe ao Psicólogo identificar quais aspectos do seu cliente serão objeto da avaliação e, a partir disso, montar uma bateria de testes específica, cientificamente comprovada,  para avaliar seu cliente nos aspectos de interesse, favorecendo que o mesmo possa ampliar seu auto conhecimento em relação aos aspectos avaliados. É importante que esses testes possuam procedimentos padronizados, que possibilitem que todas as pessoas submetidas a eles sejam avaliadas da mesma forma e sob as mesmas circunstâncias.

Nesse sentido, para aplicação, correção, análise e elaboração de laudo e resultado dos testes, é imprescindível a formação e a especialização do Psicólogo, ou seja, é necessário que seja um profissional gabaritado, que tenha pleno conhecimento e domínio sobre a técnica utilizada e que tenha a plena consciência em utilizar o teste para alcançar um fim específico e não como um fim em si mesmo.

Diante do exposto, agora consigo lhe responder à pergunta inicial, ou seja: Por quê utilizo Testes Psicológicos nos meus Programas de Orientação Profissional eCoach de Carreira?

Sou Psicóloga e, acima de tudo, uma cientista e estudiosa do comportamento humano e como todo o cientista, embaso minha metodologia de trabalho em técnicas cientificamente comprovadas, ou seja, que tenham fundamentação teórico-científica reconhecida e tratamento estatístico, o que faz com que meu trabalho saia do patamar de uma avaliação subjetiva – “ACHISMO” - para o patamar de avaliação objetiva - “ASSERTIVIDADE”.

 

ANGELAGARDINALLI

DESENVOLVENDO O SEU FUTURO!

desenvolvimento humano

Fale comigo trabalharei focada em sua necessidade!

Fale Comigo
ContaTO
Mais Informações

Obrigado! Sua mensagem foi enviada com sucesso!

Oops! Ocorreu um erro. Por favor, tente novamente

Cursos Online!

Conheça meus cursos online! 

Saiba Mais